Single Blog Title

This is a single blog caption
4 maio

Dicas para quem vem curtir as Olimpíadas 2016 no Rio

Entendendo a cidade

O Rio de Janeiro possui cerca de 7 milhões de habitantes entre suas montanhas e o mar. Para se localizar por lá é importante saber que a cidade se divide basicamente em Zona Sul, Zona Norte, Zona Oeste e Centro.

Zona Sul

Foto: Luiz Gomes/Futura Press

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É o melhor local para os turistas, pois é onde há a maior concentração de hotéis, bares e restaurantes. Além disso, para ir visitar os principais pontos turísticos da cidade, você estará super bem localizado. As melhores opções de bairros são: Leblon, Ipanema (mais nobres) eCopacabana e Botafogo.

Procure hotéis próximos ao metrô, assim você terá mais facilidade para se locomover pela cidade. Em relação aos melhores locais para encontrar bares e restaurantes, vá na Rua Dias Ferreira, no Leblon, na Rua Maria Quitéria, em Ipanema, na Rua Nelson Mandela em Botafogo, e se estiver em Copacabana, vá na Rua Bolívar.

Há ainda os bairros nobres Jardim Botânico, Gávea e Lagoa. Mas por não haver metrô perto, não indico ficar por lá. Por outro lado, há várias opções de lazer, como o Parque Lage, o Instituto Moreira Salles, o prórpio Jardim Botânico e o Planetário da Gávea.

 

Zona Norte

Foto: Portal da Copa

Foto: Portal da Copa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na Zona Norte é onde se localizam a maioria das favelas cariocas, apesar delas estarem por toda a cidade do Rio. A Tijuca, por outro lado, é um bairro legal para conhecer e fica do lado do Maracanã. Se você for assistir a um dos jogos por lá, talvez seja uma boa se hospedar ali por perto.

Para sair a noite, a região do Buxixo é onde você vai encontrar boas opções de bares e restaurantes, dentre eles o próprio Buxixo, tradicional boteco carioca.

 

Zona Oeste

Foto: Flickr Barrazine

Foto: Flickr Barrazine

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Zona Oeste começa na Barra da Tijuca e engloba um Rio de Janeiro pouco conhecido por turistas, como a região de Barra de Guaratiba, que conta com diversas opções de lazer fora da rota comum, como o SUP pela Restinga de Marambaia, a Trilha da Pedra do Telégrafo e as Praias Selvagens, uma reserva com 4 praias lindas e tranquilas acessíveis somente por trilha.

Na Barra da Tijuca, o melhor ponto da praia é o Posto 2. Por lá você vai ver muitos surfistas e uma galera praticando kitesurfing. A Prainha também é uma delícia, fica um pouco mais afastada, em uma reserva em meio à mata atlântica. E se você curte esportes radicais, dê um pulo no 360 sports, eles tem ótimas opções para você.

 

Centro

Foto: Correio do Brasil

Foto: Correio do Brasil

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Centro da cidade é um lugar bastante movimento durante a semana, com homens e mulheres de negócio andando apressadamente pelas ruas, mas nos finais de semana é uma calmaria que até assusta.

Lá você vai encontrar a maioria dos museus da cidade, como o CCBB, o CCC, o MAR, o Caixa Cultural, a Casa França Brasil, o Paço Imperial, etc. Além disso, a tradicional Confeitaria Colombo está em meio a uma das ruas apertadinhas próximas do Largo da Carioca.

Logo ao lado você encontra a badalada Lapa que ferve durante os finais de semana. Um dos lugares mais procurados pelos turistas é o Rio Scenarium, que é realmente um prato cheio, com um cardápio delicioso, música animada em diferentes ambientes, banda ao vivo e bons drinks. Mas você não precisa de um destino certo por lá, é só pegar um taxi e descer próximo aos Arcos que você encontrará uma série de opções de bares e boates para todos os gostos.

 

Locais onde acontecerão os Jogos Olímpicos 

Copacabana

Em Copacabana você encontrará competições nos seguintes locais: Arena de Vôlei de Praia, Estádio da Lagoa, Forte de Copacabana e Marina da Glória.

Maracanã

No bairro Maracanã, haverão competições no Estádio do Maracanã, no Maracanãzinho, no Sambódromo e no Estádio Olímpico.

Deodoro

Deodoro é onde encontram-se a maior parte dos locais de competição: Arena da Juventude, Centro Aquático de Deodoro, Centro Olímpico de Hipismo, Centro Olímpico de Hóquei, Centro Olímpico de Tiro, Estádio de Deodoro, Centro de Mountain Bike e Centro Olímpico de BMX.

Barra da Tijuca

Na Barra serão 4 locais de competição: o Rio Centro, o Parque Olímpico da Barra, o Campo Olímpico de Golfe e o Pontal.

Saiba mais no site oficial www.rio2016.com

 

Como usar o transporte público

O Rio é bem conectado pelo transporte público, mas quem é de fora pode ficar bem perdido em suas mil linhas de ônibus e conexões. Vamos tentar facilitar sua vida para você entender um pouco melhor como funcionam as coisas por aqui.

Se você vai ficar alguns dias na cidade e pretende se locomover com transporte público, o RioCard é uma boa opção para você. Ele é um cartão intermodal, que é aceito nos ônibus, trens, metrô e barca  e deixa suas viagens mais baratas.

Para ir aos jogos, com certeza a melhor maneira é utilizar o transporte público, pois podem haver mudanças no trânsito e também é bom para evitar engarrafamentos.
Para adquirir o seu Bilhete Único, você deverá ir a algum desses postos de atendimento:
Botafogo: Rua Dona Mariana, 48
Ipanema: Estação de Metrô da Praça General Osório – Rua Teixeira de Melo, s/nº
Centro: Av. Nilo Peçanha, 26, Loja A
Barra da Tijuca: Terminal Rodoviário Alvorada – Av. das Américas, s/n°, Plataforma A – subsolo
Taquara: Estrada dos Bandeirantes, em frente ao nº 175
Bangu: Shopping Bangu – Rua Fonseca, 240, 2º piso

Como funciona:
– Prazo máximo de utilização de 3h para realização da integração
– Intervalo entre as viagens (integrações) de ida e volta – no mínimo 1 hora
– O usuário poderá realizar até duas viagens diárias (ida e volta), compostas por até duas integrações cada, nos seguintes modais: ônibus, metrô, trem, barcas e vans legalizadas.
– Em linha ou serviço de transporte intermunicipal com valor superior à tarifa praticado no sistema Bilhete Único Intermunicipal, será debitado do cartão o valor máximo da tarifa de Bilhete Único (R$ 6,50);
– O uso do cartão – duas vezes seguidas no mesmo transporte, não caracteriza integração de Bilhete Único Intermunicipal, portanto o cartão debitará o valor integral das duas tarifas;
– No caso de utilização nas barcas o usuário ainda se beneficia da Tarifa Social, pagando um valor inferior ao praticado na tarifa atual. Ex.: Barcas R$ 5,60 com BU R$4,10.
– Validade dos créditos: um ano a partir da data de aquisição.

 

Qual é o custo médio do Rio

Para se preparar para uma viagem, uma das principais dúvidas que surgem é em relação ao orçamento. Quanto vou gastar em média?

O Rio não é uma cidade barata. Um cafezinho custa uns R$3, um suco de laranja, R$7, uma água mineral R$2,50. Vou tentar aqui fazer um panorama geral do custo médio por aqui.

Hospedagem: de R$250 a R$2500 um quarto duplo

Transporte: média de R$50 por dia, incluindo algum eventual trecho de taxi.
Ônibus: R$3,80
Metrô: R$4,10 (atualmente é R$3,70, mas vai aumentar em breve)
Taxi: taxa fixa de R$5,20 +  R$2,10 por quilômetro rodado
Botafogo – Copacabana: média de R$20,00
Copacabana – Centro: média de R$30,00
Copacabana – Barra: média de R$50,00
Copacabana – Aeroporto Internacional: média de R$80,00
Copacabana – Rodoviária Novo Rio: média de R$40,00

Alimentação: em modo econômico, você vai gastar em média R$100 por dia
Café da manhã: 15,00
Almoço: 30,00
Jantar: 50,00

Noite: em média R$80
Caipirinha: R$25,00
Cerveja long neck: R$8,00
Chopp pequeno: R$5,00
Água: R$4,00

Para auxiliá-lo nas contas, confira também o site quantocustaviajar.com

 

Dicas gerais

Segurança

O Rio de Janeiro está sempre nas manchetes dos jornais nacionais e internacionais. Em boa parte das vezes é por causa da violência diária que a cidade vem sofrendo nos últimos anos. Sim, é verdade que há violência por aqui. Porém, não deve-se ficar paranóico ou deixar de conhecer a Cidade Maravilhosa por causa disso.

É importante ter alguns cuidados básicos:
Não utilizar nenhum objeto de valor a vista, como colares de ouro, relógios e outros acessórios.
Não desfilar com seu smartphone nas ruas, pois esse tipo de roubo é constante.
Não andar nas areias das praias tarde da noite.
Ter cuidado em ruas com pouco movimento.
Se estiver voltando para seu hotel de madrugada, prefira pegar um taxi.

Transporte

O Uber é muito mais em conta que taxi em dias comuns, a não ser que a procura esteja muito grande e os preços disparem. Mas de uma maneira geral, a gente indica andar de Uber pela cidade, é prático e confortável.

O que levar na bolsa

Tenha sempre em mãos uma garrafa d’água, protetor solar e óculos escuros. É sempre quente, independente da época do ano, então não se esqueça destes itens!

 

Via Mala de Aventuras.

Foto de capa: Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas.

 

Deixe um comentário